zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

agricultura

Terrenos agrícolas são verdadeiros desertos em Gaza
| Por Pedro Vacas


Grande parte das terras destinadas a plantações foi destruída pela ofensiva de Israel do início do ano; além disso, materiais agrícolas são impedidos de entrar na região.



Milhares de agricultores de Gaza não estão a conseguir plantar neste mês de Outubro, a principal época de cultivo, porque as terras foram destruídas pela ofensiva israelita do início do ano.



A afirmação faz parte do relatório de Avaliação de Danos no Sector Agrícola de Gaza, divulgado nesta Quinta-feira pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud.


De acordo com o documento, mais da metade dos cerca de 10 mil agricultores de Gaza foram afectados directamente pela ofensiva.



O relatório da ONU aponta que os agricultores lutam para recuperar 1,7 mil hectares de terras agrícolas danificadas. As colheitas arruinadas incluem mais de 900 hectares de pomares e 500 de horticultura.



Segundo o Pnud, o movimento dos tanques de guerra foi o principal factor de destruição das plantações ou do sistema de irrigação. Terrenos inteiros tornaram-se verdadeiros desertos.



A situação dos agricultores de Gaza é ainda mais dramática porque, além da questão da terra, não há materiais agrícolas para o plantio na região.

De acordo com dados das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, a entrada de bens essênciais incluindo sementes e fertilizantes permanece restrita.

O Ministério da Defesa israelita nega a falta de materiais agrícolas e informa que só foi impedida a entrada em Gaza de materiais que podem ser usados para fabricar explosivos.

fonte: envolverde/Trad:MR


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza