zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

agricultura

WWF: Desflorestação Zero até 2020
| Por Pedro Vacas


A WWF, World Wide Fund for Nature, dedicará a sua presença no XIII Congresso Mundial Florestal, que decorre de 18 a 23 de Outubro, a sublinhar a urgência dos líderes mundiais se comprometerem com o objectivo Desflorestação Zero até 2020.

Este objectivo global visa responder ao problema do aquecimento global e ao recente alarme sobre o declínio da biodiversidade. É um apelo a uma acção global urgente para travar a desflorestação e salvar as florestas mundiais que ainda permanecem vivas.

Apesar de todos os esforços encetados visando a conservação da biodiversidade e do clima, a desflorestação continua a crescer a um ritmo alarmante - 13 milhões de hectares/ano, o equivalente a 36 campos de futebol por minuto. A desflorestação é responsável por cerca de 20% das emissões de gases de efeito de estufa a nível global.

"A WWF propõe "Desflorestação Zero até 2020" como um objectivo global que visa a redução da pegada ecológica da humanidade tendo em vista a conservação das grandes florestas naturais" afirma Rodney Taylor, Director do Programa Florestal da WWF. "O mundo necessita de atingir este objectivo por um lado, para evitar que as alterações climáticas tenham impactos ainda mais graves e, por outro lado, para prevenir um catastrófico declínio da biodiversidade mundial", acrescenta Taylor.

A WWF desafiará os participantes no Congresso, em particular, os membros da Collaborative Partnership on Forests, para assinarem o objectivo Desflorestação Zero até 2020 e ainda um objectivo complementar de redução das emissões de GEE, que visa constituir um primeiro passo para que o novo acordo climático considere a urgência da definição de incentivos para reduzir as emissões da desflorestação e da degradação da floresta.

Luís Silva, da WWF Mediterrâneo em Portugal, lamenta "o facto do Governo Português não se juntar a esta iniciativa. Devido ao grande volume de madeiras tropicais importadas por Portugal, este seria um gesto de grande simbolismo político para com a conservação da biodiversidade e do clima".

A WWF acredita que o sector privado também se deve envolver neste objectivo e mostrará como a organização global de conservação está a colaborar com várias empresas para promover a gestão florestal sustentável através de programas como a Global Forest & Trade Network, do qual são membros AmBioDiv, Amorim Revestimentos, Cork Supply, Leroy Merlin Portugal e Listor, e o projecto New Generations Plantations, onde o Grupo Portucel Soporcel participa.

Luis Silva irá apresentar os resultados do projecto New Generations Plantations alcançados durante os últimos dois anos, as empresas que irão trabalhar com a WWF durante os próximos dois anos e ainda o trabalho que a GFTN Ibérica tem desenvolvido ao nível do comércio responsável de cortiça.

fonte: WWF


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza