zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

água

LifeStraw pensado para países com falta de água potável
| Por Pedro Vacas


Às vezes, as tecnologias mais simples têm o maior impacto na vida das pessoas. Veja como exemplo o sistema de filtragem móvel da empresa suíça Vestergaard Frandsen, batizado de LifeStraw (“canudo da vida”).

É um tubo de plástico azul que contém filtros que tornam potável a água contaminada com microorganismos que provocam cólera, febre tifóide e diarréia.

Os filtros, fabricados em resina halógena, matam quase 100% das bactérias e cerca de 99% dos vírus que passam pelo LifeStraw.

LifeStraw pensado para países com falta de água potável

A University of North Carolina em Chapel Hill testou o canudo com uma amostra de água contendo as bactérias Escherichia coli B e Enterococcus faecalis, além do vírus MS2 colifago, e mais iodo e prata. Os resultados indicam que o LifeStraw filtrou todos os contaminantes a níveis em que não representam risco à saúde de quem ingere a água.

No entanto, o canudo não filtra metais pesados como ferro ou flúor, nem remove parasitas como a giárdia ou o criptosporídio, apesar de o CEO da empresa, Mikkel Vestergaard Frandsen, afirmar que há uma versão do LifeStraw disponível para grupos de ajuda humanitária em Bangladesh e na Índia capaz de filtrar arsênico.

Com menos de 25 cm de comprimento, o canudo pode filtrar até 700 litros de água - estimativa do consumo anual de uma pessoa. O LifeStraw deve ser deitado fora quando os seus filtros ficam entupidos para permitir a passagem de água, o que acontece geralmente após um ano de uso.

O sucesso do sistema pessoal de filtragem levou a Vestergaard Frandsen a lançar o LifeStraw Family, um purificar microbiológico instantâneo que fornece cerca de 10 litros de água potável numa hora, ou até 15 mil litros durante sua vida útil para uma família de seis pessoas. O LifeStraw Family foi projetado para filtrar parasitas, bactérias e vírus.

LifeStraw pensado para países com falta de água potável
Imagem: LifeStraw Family/Vestergaard Frandsen


O próximo passo será promover a tecnologia do LifeStraw para que organizações não-governamentais (ONGs) e grupos de ajuda humanitária possam comprá-los e distribuí-los. Não se trata de uma tarefa fácil, já que a necessidade de água potável não é tão promovida como a prevenção contra a SIDA ou a alfabetização em alguns países em desenvolvimento.

LifeStraw pensado para países com falta de água potável
LifeStraw pensado para países com falta de água potável
Imagens: LifeStraw Family/Vestergaard Frandsen

Para mais informações clique no seguinte link: LifeStraw pensado para países com falta de água potável

Fonte: aquabrasil

Se gostou desta notícia acompanhe-nos no facebook.


Publicidade


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza