zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

energia

Energias renováveis: pontos fortes e pontos fracos
| Por Pedro Vacas


No dia 22 de Março, os membros da comissão parlamentar da Indústria, Investigação e Energia debateram as conclusões de um estudo recente sobre as tecnologias existentes em matéria de energias renováveis. Os objectivos relativos à política energética europeia estipulam que, até 2020, 20% da energia consumida na UE sejam provenientes de fontes de energias renováveis.

De acordo com a Comissão Europeia, apenas 9% da energia consumida na UE resultam de fontes renováveis e será possível ultrapassar, até 2020, o objectivo de 20%. A comissão da Indústria, Investigação e Energia realizou um estudo com o objectivo de avaliar o potencial de desenvolvimento e de instalação de novas tecnologias relativas a energias renováveis na União Europeia.

Parques eólicos marítimos
São centrais instaladas nos mares e oceanos, movidas a vento, que produzem electricidade. O vento é mais intenso no mar do que em terra, o que permite produzir maiores quantidades de electricidade. Os parques eólicos estão numa fase inicial de comercialização. De acordo com os resultados do estudo, os custos com estes parques deverão, a médio prazo, diminuir e ser inferiores aos custos com os parques eólicos terrestres.

Concentração da energia solar
Sistema que utiliza espelhos como forma de concentrar uma grande área de incidência de luz solar ou energia térmica num pequeno espaço. A energia eléctrica é produzida quando a luz concentrada é convertida em calor, o que acciona um dispositivo térmico ligado a um gerador de corrente eléctrica. Alguns peritos consideram que se poderá produzir cerca de 3% da energia consumida na União Europeia a partir da energia solar, até 2020.

Bio-energia
Trata-se de uma energia renovável obtida a partir de materiais resultantes de fontes biológicas. Inclui a biomassa, o material biológico utilizado como biocombustível. O estudo conclui que o potencial da bioenergia é mais limitado do que o dos parques eólicos marítimos e da energia solar.

Energia das ondas oceânicas
Consiste no transporte da energia contida na superfície das ondas oceânicas e na sua captura para produção de electricidade. As centrais extraem a energia directamente da superfície das ondas oceânicas ou das flutuações de pressão abaixo da superfície. O seu potencial tem sido equiparado às necessidades de consumo energético de todo o mundo, apesar das questões ambientais levantadas a respeito dos seus efeitos nos mares e oceanos.

Energia geotérmica
É a energia resultante da diferença de temperatura entre a superfície da terra e os reservatórios de calor no seu interior. O gradiente geotérmico permite a condução contínua de energia térmica sob a forma de calor do centro para a superfície. A energia geotérmica tem potencial para fornecer energia 24 horas por dia, mas para que a sua comercialização seja possível é necessário reduzir substancialmente os custos das tecnologias associadas.

Fonte: europarl


Publicidade


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza