zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

formação

Racismo sócio ambiental no Chile
| Por Pedro Vacas


Rede de Acção pelos Direitos Humanos (RADA) vai apresentar, em Genebra, um relatório sobre o racismo sócio ambiental no Chile, ao Comité de Eliminação do Racismo (CEDR) da Organização das Nações Unidas.

O documento contem o trabalho de diversos representantes da Comunidades de Mapuches que servirá de base para o julgamento do estado chileno no comité. O comunicado da RADA aponta que, desde a década de 1990, 26 depósitos de lixo foram colocados em regiões próximas das comunidades Mapuche. Mais de 65% destes depósitos afectam cerca de 50 comunidades , que recebem cerca de 9.220 toneladas de resíduos num mês.

Na região La Araucanía, vive a maior comunidade de população indígena do Chile, maioritariamente do povo Mapuche. Esta região tem o maior índice de pobreza do país, e além disso é a região que não tem diminuído o índice de pobreza nos últimos ano. Os dados actualizam a denúncia já apresentada em 2007 ao CEDR pela Coordenadora de Comunidades em conflitos ambientais na região Araucanía.

As comunidades e a RADA realizaram vários encontros na região, para elaborar o relatório, concluindo que o Estado deve reconhecer e reparar os danos que têm causado a estas comunidades. Até ao momento, não houve mudanças concretas por parte das entidades a favor das comunidades afectadas. Contudo, o representante da RADA espera que o estado chileno trate com seriedade o racismo e a descriminação contra centenas de famílias Mapuches.

fonte: envolverde


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza