zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

mobilidade

Hidrogénio depende de Estados-membros
| Por Pedro Vacas


Livro Branco sobre Transportes: hidrogénio depende de Estados-membros

O Comité do Parlamento Europeu dos Transportes e do Turismo discutiu numa reunião de Setembro a consideração de um projecto de relatório apresentado pelo deputado Mathieu Grosch. O relatório foi apresentado com a inclusão de veículos movidos a hidrogénio como uma opção que deve ser decidida pelos Estados-membros, juntamente com outras opções disponíveis.

O relatório explica que «o Parlamento Europeu deve ser tecnologicamente neutro, pois cada fonte de energia alternativa tem características específicas e tem certas vantagens e desvantagens. Se os veículos eléctricos ou movidos a hidrogénio, biocombustíveis, combustíveis sintéticos, GLP ou biogás são usados ​​ou pode ser usado depende da forma de transporte próprios dos Estados-Membros. Na minha opinião, apenas uma mistura de fontes de energia pode fornecer soluções realistas e sustentáveis»

O deputado, Grosch propõe metas para reduzir as emissões de CO2 em 20 por cento no transporte rodoviário e 30 por cento no transporte aéreo e marítimo até 2020. O consumo de energia e ruído no sector ferroviário também deve ser reduzido em 20 por cento.

Fonte: h2portugal


Publicidade


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza