zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

resíduos

470 mil cafés reciclados em 2010
| Por Pedro Vacas


Mais de 470 mil cápsulas, num total de 10 toneladas de cápsulas de café e 12 toneladas de borra, foram recicladas pela marca nacional de cápsulas de café, Delta Q, em 2010. Esta recolha foi criada no âmbito do projecto pioneiro ReThink, que visa o prolongamento do ciclo do café.

“O prazer de tomar um café não tem de acabar em desperdício.” Foi com estas palavras que, em Abril passado, Rui Miguel Nabeiro apresentou o projecto ReThink, um projecto único a nível mundial que procura repensar de forma sustentável o ciclo de vida do café, da chávena de café à borra. Até ao momento, o projecto recolheu 477 mil cápsulas a nível nacional, uma recolha inédita e até hoje nunca conseguida.

“Os consumidores Delta Q têm aderido massivamente à reciclagem das cápsulas, e temos consciência que essa adesão se deve inteiramente à sua própria consciência ambiental, à sensibilização através dos meios de comunicação social e sensibilização através dos pontos de venda próprios Delta Q, uma vez que não oferecemos incentivos à entrega de cápsulas nem publicitamos este projecto. Isso mostra a preocupação do público em tornar os ciclos produtivos mais sustentáveis, e o pioneirismo deste projecto, que é inigualável a nível mundial”, afirma Rui Miguel Nabeiro, administrador da Delta Cafés.

O projecto ReThink visa potenciar a reciclagem e reutilização do resíduo produzido pelo acto de consumo: a borra do café. Com uma produção anual de 20 mil toneladas de café, e um potencial de borra húmida que corresponde ao dobro deste valor, a Delta explora assim oportunidades de valorização de um resíduo feito recurso, proveniente da sua actividade.

Iniciado em 2009, o ReThink recebeu aval financeiro no valor de 2.000.000€ do QREN (Quadro Nacional de Referência Estratégica) e permitiu à Delta tornar-se a primeira empresa privada nacional a constituir um cluster de inovação. O desafio foi então lançado pelo departamento de I&D da Delta Cafés a sociedades científicas e tecnológicas, nomeadamente o Instituto de Biologia Experimental e Tecnológico (IBET) e a Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Engenharia Industrial (UNIDEMI), da Universidade Nova de Lisboa.

Em conjunto estão a levar a cabo o estudo da aplicação das borras de café em áreas distintas, nomeadamente a Cosmética, Nutrição, Agricultura, Biomateriais e Energias.

Um dos resultados já obtidos do projecto é a criação de um sistema próprio de reciclagem de cápsulas Delta Q usadas, o seu armazenamento e tratamento na fábrica da Delta Cafés, em Campo Maior. Aqui, as cápsulas são partidas e é feito o processo de separação do plástico e da borra, através do método de decantação, sendo a Delta detentora do primeiro moinho de cápsulas em Portugal. Está ainda a ser desenvolvido pela UNIDEMI um sistema de desencapsulamento que visa uma melhor optimização do processo de separação da cápsula da borra de café, permitindo a racionalização energética e de recursos inerentes a esta tarefa.

O plástico das cápsulas é então enviado para parceiros de reciclagem, que incorporam este plástico em equipamentos reciclados de ambiente urbano, como floreiras, caixotes de lixo e espreguiçadeiras.

A entrega de cápsulas usadas pode ser feita directamente nas lojas Delta Q em Lisboa e no Porto, bem como nos Departamentos Comerciais da Delta, espalhados por todo o país.

A total conclusão do projecto ReThink só ficará concluída em 2011.

Fonte: Delta Q


Publicidade


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza