zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

resíduos

Reciclar barcos é mau para a saúde
| Por Pedro Vacas


Embora seja um paradoxo, a reciclagem dos barcos de carga converteu-se num problema. Apesar dos trabalhos de desmontagem e reciclagem evitarem o uso de novos recursos naturais e de energia, são na sua maioria “sujos, perigosos e geram graves danos para o ambiente e para a saúde”, revela um estudo publicado pelas Nações Unidas e outras instituições internacionais.

Os barcos, construídos nos países industrializados, devem ser desmantelados no seu lugar de origem. Contudo, na actualidade, 80% dos trabalhos de desmantelamento, venda de sucata e de metais provenientes das embarcações realizam-se no Bangladesh, na China, na Índia e no Paquistão. As normas ambientais dos países mais desenvolvidos, cada vez mais exigentes, e a redução de custos incentivam a enviar este trabalho para outros lugares.

A Convenção de Basileia das Nações Unidas exige maior controlo para o transporte internacional de resíduos perigosos. Diversos especialistas assinalam ainda o aumento do tráfego marinho ilegal de todo o tipo de desperdícios electrónicos, têxteis, etc., em grande parte perigosos, enviados dos países desenvolvidos para outros com legislações menos rígidas. Neste países, este tipo de desperdícios acaba normalmente em grandes aterros, sem medidas de controlo ambiental e sanitário.

Segundo a organização WWF, o tráfico marítimo internacional é o principal responsável pela invasão de espécies marinhas noutros ecossistemas, o que constitui o quarto problema ambiental do planeta. Também se supõe uma importante via de invasão para outras espécies terrestres e aéreas que viajam nestes barcos.

fonte: consumer


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza