zona de empresas registar empresa

◀ voltar atrás

turismo e lazer

Número de barcos para turistas cresceu tanto em Faro que já há filas de trânsito
| Por Pedro Vacas


O número de empresas de ecoturismo na Ria Formosa aumentou de forma considerável este Verão, em Faro, ampliando a oferta turística e criando, simultaneamente, postos de trabalho. O cais das Portas do Mar é pequeno e os barcos já fazem fila para atracar.

Há pacotes para todos os bolsos e gostos, mas quem mais aproveita esta forma de turismo de natureza são os estrangeiros, entre eles, os espanhóis, ingleses, holandeses e franceses e, no fim da lista, os portugueses oriundos do Norte e de Lisboa, conta Katia Lopes, guia da natureza no cais de Faro.

Uma simples viagem num barco-carreira para a ilha do Farol e praia de Faro, 2,5 euros e 1,5 euros, respectivamente, são a proposta mais económica e típica. As crianças até aos quatro anos não pagam.

Também há o percurso "Cores da Ria" que se faz ao pôr-do-sol com oferta de champanhe e frutos do mar e custa 80 euros por pessoa. Neste passeio, o passageiro pode apreciar os canais e esteiros da ria, em plena comunhão com a natureza.

Aventuras num barco solar, com guia da natureza e água fresca a bordo, que leva os clientes a descobrir ninhos de andorinhas, é outra das opções existentes, cujo preço varia entre os 10 e 20 euros.

Todos estes passeios e viagens se vendem em plena rua, em guichets improvisados com balcões debaixo de palmeiras.

A larga oferta de passeios marítimos trouxe uma expansão de partidas e chegadas de barcos-táxi, barcos de carreira, catamarãs, saveiros e até um barco solar. A roda-viva condiciona o trânsito, registando-se filas, no pequeno cais de Faro.

A necessidade de um cais maior torna-se urgente: "o ideal era um cais maior e mais seguro, porque a grande afluência de turistas para realizar passeios de barco no Parque Natural da Ria Formosa já o justificava", diz Arlete Rodrigues, guia na empresa Lands, que opera no cais de Faro. Segundo o presidente da câmara, José Apolinário, a ampliação do pontão será feita a "curto prazo no âmbito do programa Polis Litoral Ria Formosa", devendo avançar na "próxima época balnear". O autarca adiantou que há cerca de 10 empresas a operar em Faro na área do "turismo de experiências".

fonte: Público


Se gostou deste post acompanhe-nos no Facebook e comente!

Gostou do que leu? Deixe seu comentário.

Anti-spam

Por favor, transcreva o seguinte código no espaço a seguir:

Captxa

◀ voltar atrás

Eco Info
Directório
Newsletter
Contacte-nos

errrr

   

Sponsors | Parceiros Pela Natureza

 
Sponsors Pela Natureza
Parceiros Pela Natureza